Couscous marroquino de quinoa

couscousmarroquinoNos lares marroquinos, fazer couscous é um ato de amor, genorisidade e hospitalidade. Quem o diz é o chef e colunista marroquino Mohamed Ben Mchabcheb. Trata-se de um prato celebrativo cuja preparação envolve tempo e dedicação.

O couscous é naturalmente um prato saudável repleto de aromas e sabores vindos dos vegetais e das carnes e, sobretudo, das especiarias utilizadas no seu preparo.

Eu nunca estive no Marrocos. Mas quando morava em Paris, gostava de comer couscous numa tasca em Saint Denis, um bairro pariense onde vivia uma grande comunidade de marroquinos e argelinos.

Tinha o dinheiro sempre contado e, por isso, procurava lugares mais baratos para comer. Por incrível que pareça encontra-se uma diversidade de comida produzida na capital francesa, da qual ninguém ouver falar, porque não é “alta-gastronomia”, e que é mesmo muito saborosa.

Foi nesta tasca, cujo nome já não me recordo, que aprendi a apreciar o verdadeiro couscous. Nos dias de frio, beber aquele caldo resultante dos cozidos de legumes e carnes, depois já ter devorado os pedaços de courgette, colheradas de grãos-de-bico e toda a sêmola de trigo, servia-me de alento para o corpo e para o coração.

A receita que vos deixo ficar hoje é uma interpretação “express” e vegana do prato marroquino, mas que vai buscar inspiração neste espirito familiar do couscous. Para o preparar só é preciso reunir todas as especiarias que tem em casa num único tacho, os legumes de que mais gosta e quinoa. Sim, esta é outra particularidade deste couscous.

Porque é feito com quinoa, toda aquela etapa de arear a semôla de trigo pode ser ignorada. O fato de o podermos preparar em 13,4 minutos no microondas e utilizar um único tacho para todos os ingredientes, faz dele um prato rápido e prático para ser consumido no dia-a-dia.

Esta receita rende duas poções. Se quiser multiplicar os ingredientes, deve considerar que o tempo no microondas também vai aumentar.

Ingredientes:

1/2 courgette cortada em cubos;

1 xávena de floretes de couve-flor;

1 batata-doce pequena cortada em cubos;

1/4 de chávena de quinoa branca;

2 chávenas de água;

1 colher de chá de alho em pó;

1 colher de chá de paprika;

1 colher de café de coentros em pó;

1 colher de café de gengibre em pó;

1/2 colher de café de canela em pó;

1 colher de café de cúrcuma;

1 colher de café de cominhos;

sal e pimenta preta a gosto

salsa e coentros picados

Como fazer:

Junte todos os ingredientes numa panela específica para cozimento em microondas. A panela deve ser funda e possuir tampa. Aquela panela de arroz é a ideal. Deite todos os ingredientes e programe o microondas para cozimento de vegetais 6,7 mimutos . Retire do microondas, abr a tampa com cuidado, mexa e volte a colocar mais 6,7 minutos. Não se prepocupe com a água que vai sobrar na panela. A intenção é mesmo esta. É este caldo que confere sabor ao couscous. Para que não fique com aspecto de sopa. Antes de servir, passe por uma peneira e reserve o caldo e sirva à parte com salsa e coentros picados.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s